Retrospectiva 2020 | "São histórias que a história qualquer dia contará"

2020 chega ao fim nos deixando uma grande lição sobre a necessidade urgente de justiça, de solidariedade, de saúde, de garantia de direitos e respeito à democracia.  A ABJD agradece a todas e todos associadas (os), companheiras (as) e entidades parceiras que estiveram juntos nas trincheiras da resistência e da sobrevivência, se solidariza profundamente com as vítimas da pandemia e familiares, e deseja que em 2021 tenhamos ainda mais força e coragem para seguirmos nas importantes batalhas por um mundo mais justo. Vamos à luta! Feliz Ano Novo!

Nota | ABJD-PA repudia violência contra a mulher

Foto Pedro Guerreiro - Ag Pará


A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia - Núcleo Pará (ABJD-PA) repudia qualquer atitude de violência contra a mulher.

Infelizmente, a cada seis horas, uma mulher é assassinada, vítima do feminicídio, no Brasil. 

Recentemente foi aprovada a de Lei de n. 14.188/2021, e uma das novidades que essa Lei trouxe foi a inclusão do art.147-B, ao Código Penal, que tipifica o crime de violência psicológica. Além disso, a referida norma aumentou a pena para o crime de lesão corporal no âmbito da violência doméstica. 

Dessa forma, e diante de tantos casos de violência contra a mulher, não é crível, e muito menos humano, silenciar sobre o assunto.

Nos últimos dias, veio ao conhecimento público mais um caso de violência doméstica, praticada por marido, que repercutiu nas redes sociais, e foi objeto de firme posicionamento da OAB/PA, eis que o agressor integrava a comissão de prerrogativas.

Nesta nota, apresentamos nossa solidariedade à vítima e a todas as mulheres que sofrem violência doméstica.

PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA MULHER!