Retrospectiva 2020 | "São histórias que a história qualquer dia contará"

2020 chega ao fim nos deixando uma grande lição sobre a necessidade urgente de justiça, de solidariedade, de saúde, de garantia de direitos e respeito à democracia.  A ABJD agradece a todas e todos associadas (os), companheiras (as) e entidades parceiras que estiveram juntos nas trincheiras da resistência e da sobrevivência, se solidariza profundamente com as vítimas da pandemia e familiares, e deseja que em 2021 tenhamos ainda mais força e coragem para seguirmos nas importantes batalhas por um mundo mais justo. Vamos à luta! Feliz Ano Novo!

AO VIVO | Nesta segunda, 5, ABJD debate os 32 anos da Constituição Federal

 

Símbolo do processo de redemocratização nacional, a Constituição Cidadã, promulgada em 5 de outubro de 1988, completa 32 anos nesta segunda. Após 21 anos de regime militar, a sociedade brasileira recebia um documento que assegurava uma série de direitos e garantias e criava mecanismos para evitar abusos de poder do Estado. 

Mas em 2020, sob o Governo de Jair Bolsonaro e com a crise agravada pela pandemia, o que tem se visto são manifestações fascistas, ataques e ameaças de fechamentos das instituições democráticas e violações de direitos. Para a ABJD, é necessário dizer que existe resistência em defesa da democracia, da Constituição e da vida.

Para debater essas e outras questões, a entidade convidou a advogada, assessora de advocacy e membra da Coalizão Negra Por Direitos, Silvia Souza, e a professora da PUC-Rio e integrante da ABJD, Gisele Cittadino. A mediação será de Vera Lúcia Santana Araújo, da Executiva Nacional da ABJD.

Acompanhe pelo Facebook e Youtube: ABJDBR