Retrospectiva 2020 | "São histórias que a história qualquer dia contará"

2020 chega ao fim nos deixando uma grande lição sobre a necessidade urgente de justiça, de solidariedade, de saúde, de garantia de direitos e respeito à democracia.  A ABJD agradece a todas e todos associadas (os), companheiras (as) e entidades parceiras que estiveram juntos nas trincheiras da resistência e da sobrevivência, se solidariza profundamente com as vítimas da pandemia e familiares, e deseja que em 2021 tenhamos ainda mais força e coragem para seguirmos nas importantes batalhas por um mundo mais justo. Vamos à luta! Feliz Ano Novo!

Nota de Pesar | ABJD lamenta o falecimento Inês Buschel, fundadora do Ministério Público Democrático



A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) lamenta de forma profunda o falecimento da promotora de Justiça aposentada Inês do Amaral Buschel, uma das fundadoras do Movimento do Ministério Público Democrático (MPD) e integrante da Associação. Aos 73 anos, Inês faleceu na noite desta terça-feira (21) após uma longa luta contra o câncer.

Defensora incansável dos direitos humanos e da democracia, apoiadora dos movimentos populares, educadora popular, Inês Buschel lecionou na Faculdade de Direito da Universidade Paulista (UNIP) e no curso de graduação em Relações Internacionais na Faculdade Tancredo Neves. Publicou dezenas de artigos sobre direitos dos cidadãos brasileiros e mantinha um blog pessoal onde escrevia sobre direitos humanos, cidadania, feminismo e poesia.

Inês Buschel deixa uma filha, a jornalista Beatriz Pasqualino, e dois netos. A ABJD se solidariza com os familiares, amigos e amigas.