Retrospectiva 2020 | "São histórias que a história qualquer dia contará"

2020 chega ao fim nos deixando uma grande lição sobre a necessidade urgente de justiça, de solidariedade, de saúde, de garantia de direitos e respeito à democracia.  A ABJD agradece a todas e todos associadas (os), companheiras (as) e entidades parceiras que estiveram juntos nas trincheiras da resistência e da sobrevivência, se solidariza profundamente com as vítimas da pandemia e familiares, e deseja que em 2021 tenhamos ainda mais força e coragem para seguirmos nas importantes batalhas por um mundo mais justo. Vamos à luta! Feliz Ano Novo!

Em livro, filósofo português Diogo Sardinha reverencia e agradece ABJD


Diogo Sardinha participou do II Seminário Internacional da ABJD, em maio de 2019

O novo livro do filósofo português e pesquisador da Universidade de Lisboa, Diogo Sardinha, "A tirania dos poderes coniventes: Brasil na conjuntura", é uma grande contribuição para se compreender o cenário atual da política brasileira, sobretudo a partir do período 2013-2014, momento de profundas transformações no país.

Na obra, Sardinha conta que ter participado do II Seminário Internacional da ABJD, que ocorreu em maio de 2019, foi decisivo para a elaboração do livro, pois a estrutura da argumentação segue a linha adotada durante o evento da entidade. "Em nossos dias o mundo olha, atônito, para o Brasil", diz.

"Ainda profundamente sensibilizado pelo convite da Associação, reitero minha firme solidariedade com suas causas e venero a coragem com a qual seus membros se batem no presente enquanto pessoas livres e conscientes, como a esperança que com se engajam na preparação de futuro melhor", reforça na obra.