ABJD lança campanha #MoroMente para explicar os crimes cometidos pelo ex-juiz na Lava Jato

Ato será realizado no dia 19 de agosto na Faculdade de Direito da USP 
Preocupada com o discurso de Sergio Moro de relativização da legalidade e de normalização de desvios, a ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) lança nesta quinta-feira (01/08) a campanha #MoroMente para mostrar à população quais foram as violações de direitos cometidas pelo ex-juiz, e apontar as mentiras que ele conta para justificar sua atuação criminosa durante a Lava Jato.

A ação contará com a participação de juristas que irão explicar como os envolvidos na operação Lava Jato atropelaram leis e corromperam a Constituição.

Nesta abertura, o juiz de Direito da Vara de Execuções Penais do Amazonas, Luís Carlos Valois, esclarece porque Moro está mentindo quando diz que é normal o contato regular e de tanta influência com representantes do Ministério Público (MP) no curso de um processo. Assista.

Um ato público será realizado no dia 19 de agosto na Faculdade de Direito da USP, no Largo do São Fra…

ABJD visita Lula nesta quinta, 19/9



A ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia), representada por sua integrante, Carol Proner, irá visitar o ex-presidente Lula na Polícia Federal, em Curitiba, nesta quinta-feira, 19/9, a partir das 15h.

A professora de Direito Internacional da UFRJ entregará a Lula uma carta da ABJD com informações sobre a atuação da entidade no Brasil e no exterior. “Estarei representando os movimentos jurídicos que lutam pelo restabelecimento do estado democrático de direito, por Lula Livre e contra a prisão política”, afirmou.

Durante a visita, Carol Proner estará acompanhada do cantor e compositor Chico Buarque.

ABJD

A ABJD surgiu em 2016 durante o processo do golpe jurídico-midiático-parlamentar-empresarial contra a presidenta Dilma. Primeiramente era uma frente de juristas e, em 2018, tornou-se uma Associação. Atualmente, a entidade reúne mais de 1500 filiados de todas as áreas e carreiras jurídicas, distribuídos em 18 Núcleos estaduais.

Com uma trajetória de resistência diária, a Associação de Juristas lançou, recentemente, a Campanha #MoroMente que vem denunciando a conduta ilegal do ex-juiz Sergio Moro, especialmente no processo do ex-presidente Lula. Além de cobrar que as instituições competentes façam uma investigação rigorosa do atual ministro da Justiça e Segurança Pública e dos procuradores da Lava Jato.

"Os processos contra o ex-presidente Lula foram os mais violentos e midiáticos, sendo em tudo excepcionais: nos prazos, na prisão antecipada, no uso de provas e testemunhas, e nas negativas aos direitos políticos e civis, desrespeitando até mesmo decisão obrigatória das Nações Unidas", reforça a ABJD.