ABJD lança campanha #MoroMente para explicar os crimes cometidos pelo ex-juiz na Lava Jato

Ato será realizado no dia 19 de agosto na Faculdade de Direito da USP 
Preocupada com o discurso de Sergio Moro de relativização da legalidade e de normalização de desvios, a ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) lança nesta quinta-feira (01/08) a campanha #MoroMente para mostrar à população quais foram as violações de direitos cometidas pelo ex-juiz, e apontar as mentiras que ele conta para justificar sua atuação criminosa durante a Lava Jato.

A ação contará com a participação de juristas que irão explicar como os envolvidos na operação Lava Jato atropelaram leis e corromperam a Constituição.

Nesta abertura, o juiz de Direito da Vara de Execuções Penais do Amazonas, Luís Carlos Valois, esclarece porque Moro está mentindo quando diz que é normal o contato regular e de tanta influência com representantes do Ministério Público (MP) no curso de um processo. Assista.

Um ato público será realizado no dia 19 de agosto na Faculdade de Direito da USP, no Largo do São Fra…

Nota de Solidariedade da ABJD-PA ao deputado federal Edmilson Rodrigues do Pará




A Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, ABJD – Núcleo Pará expressa sua total solidariedade ao Deputado Federal Edmilson Rodrigues que foi agredido por intolerantes fascistas no dia 01 de julho de 2019, dentro de um Supermercado de Belém.

Edmilson Rodrigues é o Deputado Federal mais votado do Estado do Pará, foi Prefeito de Belém por dois mandatos, além de ter sido Deputado Estadual nas décadas de 80 e 90, possuindo uma longa carreira pública.

O ato de agressão de qual foi vítima demonstra o nível de depreciação que o discurso fascista levou à sociedade brasileira. E quem os praticou demonstra total falta de condições de conviver com a diversidade de ideias, um dos pilares de nossa democracia.

A ABJD prega a ampla liberdade de expressão, o fortalecimento dos princípios democráticos e dos direitos humanos fundamentais consagrados pela Constituição de 1988 e tem como princípio de sua organização o consenso progressivo que nada mais é do que a prática da tolerância e do entendimento contínuo e, por isso, repudiamos o ato de agressão tomado contra a pessoa do Deputado Edmilson Rodrigues.

A sociedade precisa urgentemente reverter o processo de intolerância a que o Brasil vem sendo submetido e a ABJD vem exigir das autoridades competentes que agressões como essas sejam efetivamente responsabilizadas e penalizadas, de acordo com o estado de direito e o devido processo legal, para que tais condutas sejam duramente repudiadas e desincentivadas.


Belém, 02 de julho de 2019. 
ABJD – Núcleo Pará