ABJD adia realização do III Seminário Internacional e do Curso de Formação para associados

A ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia), por suas instâncias deliberativas – Executiva e Colegiado Nacional, considerando que a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou situação de pandemia em decorrência do Covid-19, conhecido como novo coronavírus, e de acordo com as orientações do Ministério da Saúde, de governos estaduais e instituições em geral, notadamente no que tange à circulação e aglomeração de pessoas, ante sua responsabilidade social com a saúde de seus e suas integrantes, e bem assim da coletividade, de forma consensual, decidiu pelo ADIAMENTO dos seguintes eventos:


Curso de Formação da ABJD, que estava programado para os dias 6 a 10 de abril, na Escola Nacional Florestan Fernandes, em Guararema-São Paulo; III Seminário Internacional e Assembleia Geral da ABJD, que estava previsto para os dias 28 a 30 de maio, na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia, em Salvador.
Sendo certo que a realização de ambos os eventos envolve tratativas c…

Associadas da ABJD participam da publicação anual Direitos Humanos no Brasil 2018

Foto: Joao Roberto Ripper

Anualmente a Rede Social de Justiça e Direitos Humanos publica o livro Direitos Humanos no Brasil. Este ano a publicação conta com 32 artigos e duas das autoras são filiadas à ABJD.

O texto da associada Kenarik Boujikian, que é desembargadora e fundadora da Associação dos Juízes pela Democracia (AJD), aborda a relação entre o estado democrático de direito e o judiciário. Com dados e fatos, sem colocar à margem as relações de classe, Kenarik é certeira ao concluir que o judiciário é o principal responsável pelo rompimento com o pacto constitucional.

O texto "Os agrotóxicos e a violação de direitos humanos" é escrito pela associada da ABJD Naiara Bittencourt, em conjunto com Carla Bueno Chabin e Aline do Monte Gurgel. Elas trazem para o livro o debate sobre como a integridade da população do campo e da cidade está em risco por conta do uso de venenos na agricultura.

O lançamento do livro está agendado para dia 5 de dezembro e marca os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e 30 da Constituição Federal e é publicado pela editora Expressão Popular. Confira o evento: https://goo.gl/dLLS1W