ABJD lança campanha #MoroMente para explicar os crimes cometidos pelo ex-juiz na Lava Jato

Ato será realizado no dia 19 de agosto na Faculdade de Direito da USP 
Preocupada com o discurso de Sergio Moro de relativização da legalidade e de normalização de desvios, a ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) lança nesta quinta-feira (01/08) a campanha #MoroMente para mostrar à população quais foram as violações de direitos cometidas pelo ex-juiz, e apontar as mentiras que ele conta para justificar sua atuação criminosa durante a Lava Jato.

A ação contará com a participação de juristas que irão explicar como os envolvidos na operação Lava Jato atropelaram leis e corromperam a Constituição.

Nesta abertura, o juiz de Direito da Vara de Execuções Penais do Amazonas, Luís Carlos Valois, esclarece porque Moro está mentindo quando diz que é normal o contato regular e de tanta influência com representantes do Ministério Público (MP) no curso de um processo. Assista.

Um ato público será realizado no dia 19 de agosto na Faculdade de Direito da USP, no Largo do São Fra…

ABJD participa da fundação do núcleo mineiro de Médicos e Médicas pela Democracia



Depois de dar apoio jurídico para a fundação nacional da Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia (ABMMD), a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) participou da assembleia de criação do núcleo mineiro da ABMMD.

De acordo com a jurista Maria Rosária Barbato, que representou a entidade, nesse momento de grave crise e incerteza politica, é fundamental aglutinar forças para a construção de uma proposta contra-hegemônica. "Precisamos desses espaços de combate ao retrocesso e de trincheiras de resistência a um projeto de sociedade antidemocrático, entreguista, não discutido e não escolhido livremente pelo povo brasileiro", destacou.

A ABMMD tem como foco da ação a defesa primordial do Estado Democrático de Direito, dos Direitos Humanos, do Sistema Único de Saúde e a defesa do exercício ético do trabalho médico. 

"São pontos que convergem, sem dúvida, com a luta da ABJD pelo resgate da democracia, pela defesa dos direitos fundamentais e das garantias constitucionalmente previstas, bem como do direito do povo a uma justiça não seletiva", explicou.
 
A ABJD promove o diálogo permanente e a articulação com outros segmentos da sociedade visando a elaboração de estratégias conjuntas que permitam o fortalecimento da luta pela democracia em todos seus desdobramentos.