ABJD denuncia Bolsonaro por crime contra a humanidade no Tribunal Penal Internacional

Presidente estimula o contágio e coloca a vida de milhares de pessoas em risco na pandemia A ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) protocolou nesta quinta-feira, (2/4) uma representação (Leia a íntegra em português e inglês) no TPI (Tribunal Penal Internacional) contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, pela prática de crime contra a humanidade que vitima a população brasileira diante da pandemia de coronavírus.

Acesse o texto de divulgação em inglês e espanhol.
De acordo com a entidade, o Brasil possui, no atual momento, um chefe de governo e de Estado cujas atitudes são total e absolutamente irresponsáveis. Por isso, solicitam ao TPI que instaure procedimento para averiguar a conduta do presidente e condene Bolsonaro pelo crime contra a humanidade por expor a vida de cidadãos brasileiros, com ações concretas que estimulam o contágio e a proliferação do vírus, aplicando a pena cabível.

“Por ação ou omissão, Bolsonaro coloca a vida da população em risco, come…

Carta de Lula para ABJD: "O calor humano que vocês me enviaram serve de estímulo para seguir em frente"



Foto: Ricardo Stuckert


O ex-presidente Lula enviou, nesta quinta-feira, 17/10, uma carta aos integrantes da ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) e também ao grupo Prerrogativas e Resistência Carbonária. No texto, ele agradece a visita "solidária e estimulante" da jurista Carol Proner, que no dia 19/09, esteve em Curitiba representando os movimentos jurídicos que lutam pelo restabelecimento do estado democrático de direito, pela libertação do ex-presidente e contra a prisão política.

"Se é que ainda posso pedir alguma coisa a vocês é que acreditem e persistam no judiciário e na academia, dentro e fora do Brasil, em cada espaço possível, para que todos os brasileiros tenham assegurado sempre, em todas as instâncias, o julgamento justo e com um juiz isento".