Com dados da CPI da Covid, ABJD faz nova denúncia contra Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional

Foto: Marcos Corrêa-PR Acesse o documento em português e inglês Com base em fatos novos levantados pela CPI da Covid, a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) protocolou nesta terça-feira, 09, no Tribunal Penal Internacional (TPI), um adendo onde pede que a Corte dê seguimento à representação realizada em abril de 2020. A intenção é que seja investigada a denúncia feita pela entidade contra Jair Bolsonaro por cometimento de crimes humanitários contra a população brasileira ao assumir a opção de imunidade de rebanho, com boicote ao programa de vacinação e negação das políticas de cuidados sanitários .  De acordo com os juristas, a sistematização de dados produzidos pela CPI da Covid e por vários pesquisadores revelam o empenho e a eficiência da atuação do presidente e da União em prol da ampla disseminação do vírus no território nacional. “As normas produzidas, decretos e vetos a leis votadas no Congresso, os discursos e atos de Bolsonaro foram determinantes para

Ato #MoroMente em Curitiba debaterá liberdade de imprensa no dia 10/9




Famosa por ser a sede da 13ª Vara Criminal Federal, que era comandada pelo ex-juiz Sergio Moro, Curitiba receberá o ato #MoroMente (saiba mais) da ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) na próxima terça-feira, 10/9, às 19h, no Sindicato dos Bancários. O evento irá debater o “Estado Democrático e a Liberdade de Imprensa”.

Nuredin Allan, jurista da ABJD, explica que além de denunciar as irregularidades cometidas pelo ex-juiz Sergio Moro nos julgamentos da Lava Jato e cobrar uma investigação rigorosa, o ato será um momento de reafirmar a importância da liberdade de imprensa para o fortalecimento da democracia.

“A mídia hegemônica teve papel fundamental na desconstrução da democracia. Atualmente vivemos um cenário em que a sociedade confunde liberdade de imprensa com afirmar apenas o que lhe beneficia. Por isso precisamos falar sobre o tema”, justificou.

O debate terá a participação das jornalistas Ana Carolina Caldas e Paula Zarth Padilha e dos juristas José Carlos Portella Jr e Márcio Soares Berclaz.


#MoroMente

O lançamento nacional da Campanha #MoroMente aconteceu em São Paulo no dia 19/8 com a presença de mais mil pessoas. A intenção da ABJD é fazer com que a população entenda as violações de direitos cometidas pelo ex-juiz e que estão sendo reveladas pela #VazaJato.


Serviço

Ato #MoroMente em Curitiba
Debate: “Estado Democrático e Liberdade de Imprensa”

Dia: 10/9
Hora: 19h
Local: Espaço Cultural e esportivo do Sindicato dos Bancários
Rua Piquiri, 380, Rebouças, Curitiba-PR

Acompanhe a Campanha #MoroMente nas redes:

Facebook:
@abjdbr
YouTube: @abjdbr
Twitter: @abjdbr
Instagram: @abjdbr
Site: www.abjd.org.br