Com dados da CPI da Covid, ABJD faz nova denúncia contra Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional

Foto: Marcos Corrêa-PR Acesse o documento em português e inglês Com base em fatos novos levantados pela CPI da Covid, a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) protocolou nesta terça-feira, 09, no Tribunal Penal Internacional (TPI), um adendo onde pede que a Corte dê seguimento à representação realizada em abril de 2020. A intenção é que seja investigada a denúncia feita pela entidade contra Jair Bolsonaro por cometimento de crimes humanitários contra a população brasileira ao assumir a opção de imunidade de rebanho, com boicote ao programa de vacinação e negação das políticas de cuidados sanitários .  De acordo com os juristas, a sistematização de dados produzidos pela CPI da Covid e por vários pesquisadores revelam o empenho e a eficiência da atuação do presidente e da União em prol da ampla disseminação do vírus no território nacional. “As normas produzidas, decretos e vetos a leis votadas no Congresso, os discursos e atos de Bolsonaro foram determinantes para

Juristas debatem comunicação e o sistema de justiça





ABJD realiza seminário neste sábado e discute o papel da comunicação para a construção de um novo sistema de justiça brasileiro

Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) promoverá uma intersecção entre comunicação e direito neste sábado (23) a partir das 9h. O evento, que acontece em São Paulo, reúne os membros da entidade e também juristas de outras organizações. O espaço é uma oportunidade de reflexão sobre o papel da comunicação no atual cenário brasileiro alinhada aos desafios para a transformação do sistema de justiça brasileiro. A associação conta com 1300 integrantes entre professores, juízes, servidores públicos de todas as carreiras do judiciário, advogados, promotores, procuradores e estudantes de direito.

Nomes como os dos jornalistas Renato Rovai, da Revista Fórum, e Renata Mieli, do Coletivo Intervozes, estão confirmados como debatedores. Na programação temas como "a necessidade de envolver todo o sistema no debate jurídico para defender as garantias legais" serão parte da programação das mesas de debate. A mesa "Mídia, política, democracia e desafios" que conta com a participação do jornalista e ex-ministro da comunicação Franklin Martins terá transmissão ao vivo pela página da ABJD a partir das 10h.