CNJ aceita representação da ABJD contra Sergio Moro

Conselho quer que o juiz preste informações por suposta atividade político-partidária
Para a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia, o juiz Sérgio Moro, ao iniciar tratativas de exercer outro cargo público ainda durante o exercício do cargo de magistrado teria violado: a proibição constitucional aos magistrados de dedicarem-se à atividade político-partidária; o dever de manter conduta irrepreensível na vida pública e particular; a proibição da manifestar opinião sobre processo pendente de julgamento e a vedação de participação em qualquer atividade político-eleitoral.Veja a notícia completa no link abaixo:https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/11/cnj-vai-apurar-indicacao-de-moro-como-ministro.shtml

ABJDSP: Seminário ABJD SP

Seminário ABJD São Paulo

Dia 14/04 (sábado), das 9h30min às 17h00min, haverá o primeiro Seminário da ABJD (Associação Brasileira de Juristas pela Democracia) do Estado de SP.

O objetivo é reunir, de maneira inédita, professor@s, servidor@s do sistema de justiça, juízes, procurad@s, promotor@s, delegad@s, etc.. ou seja, juristas do Estado de SP para debater:  Conjuntura e os 13 anos na experiência dos Governos Lula/ Dilma no sistema de Justiça e o Sistema de Justiça que queremos e ABJD.

O evento ocorrerá no *Sindicato dos Advogad@s (Rua da Abolição, 167*, próximo ao metrô anhangabau) e fará parte da preparação do Seminário Internacional de fundação da ABJD que acontecerá nos dias 24 à 26 de maio no Rio de Janeiro.

As inscrições estarão disponíveis em breve.

Não deixe de participar deste encontro inédito dos juristas progressistas!